Início Brasília PROS lança Eliana Pedrosa como pré-candidata ao governo do DF

PROS lança Eliana Pedrosa como pré-candidata ao governo do DF

28
0
COMPARTILHAR

Por G1 DF

Anúncio foi neste sábado. Ex-deputado Alírio Neto (PTB) desistiu de candidatura própria e aceitou ser vice na chapa.

A ex-deputada distrital Eliana Pedrosa (PROS) lançou, neste sábado (30), a pré-candidatura oficial ao governo do Distrito Federal. Na chapa para as eleições de 2018 o partido confirmou Alírio Neto (PTB) como nome para disputar a vaga de vice-governador.

A decisão para fazer a aliança ocorre três meses depois de Neto divulgar o nome dele na disputa pela cadeira no Buriti. No entanto, neste sábado, ele voltou atrás e aceitou concorrer a vice. “Entendi que esse momento é de dar um passo atrás para fazermos a nossa cidade avançar muito”, disse.

Em nota, Eliana Pedrosa afirma que “a esperança de um progresso político e moral” é a lógica que une os dois políticos. “Nossa aliança é a união de pessoas que têm muita vontade de fazer a diferença e força de trabalho suficiente para realizar”.

O anúncio da pré-candidatura ocorre na sede do PTB, na Estrutural. Apesar da coligação ainda não estar fechada, estão previstos para compor a aliança os partidos PMN, PTC, PATRIOTAS, PROS e PTB.

O prazo para o registro oficial das candidaturas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começa em 20 de julho quando os partidos estão autorizados a chamar convenções e vai até 15 de agosto. O primeiro turno da eleição acontece em 7 de outubro e o segundo turno, se necessário, está marcado para o dia 28 do mesmo mês.

Outras candidaturas

Até este sábado (30), além de Eliana Pedrosa, a enfermeira e professora da Universidade de Brasília Fátima Sousa (PSOL) também se lançou candidata ao GDF. Elas são as únicas mulheres a concorrerem ao cargo nestas eleições.

Em maio, o PSDB indicou o deputado federal Izalci Lucas como pré-candidato ao governo do Distrito Federal. O nome para disputar a cadeira no Palácio do Buriti é apoiado também pelo PRB, PSD, PPS e PSC, que compõem a chapa local.

Já o Partido Republicano Progressista (PRP) lançou, em abril, o nome do general Paulo Chagas como candidato ao governo do DF. É a primeira vez que ele vai concorrer a um cargo eletivo.

O deputado distrital Chico Leite (Rede) também divulgou a pré-candidatura. De acordo com o porta-voz do partido, o nome dele para disputar a cadeira do Buriti estava definido desde 2017, quando a Rede saiu do governo Rollemberg.

O presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, Joe Valle (PDT), também disse que vai disputar a vaga como chefe do Executivo do DF. O anúncio foi feito no dia 8 de março em um ato que contou com a presença do ex-ministro Ciro Gomes (PDT), que também formalizou a pré-candidatura ao Palácio do Planalto.

Um dia antes, em 7 de março, o ex-deputado distrital Alírio Neto (PTB) também se lançou ao cargo, com manifestações de apoio da executiva nacional do partido. Neste sábado (30), ele voltou atrás e aceitou sair como vice na chapa com Eliana Pedrosa.

Em nota divulgada no dia 6 de março, o PT/DF informou que o economista Afonso Magalhães se registrou como pré-candidato ao Palácio do Buriti pela legenda.

Apesar de não ter confirmado oficialmente a candidatura, o atual governador Rodrigo Rollemberg (PSB) disse à TV Globo, em dezembro de 2017, que a tentativa de reeleição era um “caminho natural”, mas que a decisão só seria tomada neste ano.

Fonte: G1 DF

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here